Atenção!

Este site oferece apenas informações à nível educacional. Se você está buscando diagnóstico ou tratamento de ferida(s) crônica/complexa(s) os aconselhamos à procurar centros especializados em feridas. Os centros especializados estão, geralmente, localizados em hospitais universitários (público) ou clínicas especializadas.

Úlcera Plantar de Hanseníase:casos clínicos

Caso clínico 1: Úlcera plantar de Hanseníase há 5 anos

Sra  A.S.V, sexo F, 60 anos, cor branca, cursou até 3ª série, casada.
Tratamentos anteriores: neomicina,  rifocina ,colagenase, “remédio do mato”.
Tratamento proposto: Desbridamento instrumental conservador; preenchimento de cavidade com alginato de cálcio e cobertura secundária com placa de hidrocolóide com trocas a cada 3 dias.
Adaptação de sapatos pelo ortesista e uso de muletas. Após ferida tornar-se superficial utilizou-se apenas o hidrocolóide.
Equipe multiprofissional: enfermeira, nutricionista, hansenologista, técnicos de enfermagem, técnico em órtese.
Tempo de cicatrização: menos de 3 meses 
Evolução Clínica:
Figura 1: Inicio do tratamento


Figura 2: Alginato de cálcio

Figura 3: Alginato de cálcio + Hidrocolóide

Figura 4: Cicatrizado em 80 dias
________________________________FIM____________________

Caso Clínico  2: Úlcera plantar de Hanseniase há 2 anos
Sra A.B.C  sexo F, 71 anos, cor não branca, 2ª série, viúva, aposentada 
Tratamentos anteriores: colagenase, neomicina,  PVPI, rifocina, “remédio do mato”.
Tratamento proposto:  Desbridamento instrumental conservador; preenchimento de cavidade com alginato de cálcio associado com papaína 4% na primeira semana, e cobertura secundária com placa de hidrocolóide com trocas a cada 3 dias. Adaptação de sapatos pelo ortesista . Após ferida tornar-se superficial utilizou-se apenas o hidrocolóide.

Equipe multiprofissional: enfermeira, nutricionista, hansenologista, técnicos de enfermagem, técnico em órtese.
Tempo de cicatrização:  4 meses 
 Evolução do Caso:

Figura 1: Inicio com papaína e alginato de cálcio + Hidrocolóide



Figura 2: Alginato + Hidrocolóide

Figura 3: Cicatrizado/alta
 

SE VOCÊ ACHOU INTERESSANTE DEIXE COMENTÁRIOS ABAIXO! PARTICIPE

19 comentários:

  1. Idevânia, estou cursando o curso de auxiliar de enfermagem. acabo de voltar do meu primeiro estagio. ao ver as feridas, eu achava que não era possivel cicatrizar aquilo. rs. seu blog está iluminando a minha mente em relação a isso, e mostrando que realmente os curativos que eu fiz, sob orientação, não eram simples tratamentos paleativos. Vejo que quando correto, é efetivo! desculpe a minha ignorância. hahaha muito obrigado por abrir meus olhos.

    infelizmente, muitas coisas não se aprendem na sala de aula, e nos meus 2 simplórios meses de experiencia, pude perceber o quão limitada a enfermagem está, na grande maioria das vezes por puro descaso. Quando não por descado, por falta de material, e por aí vai. Voce deve saber melhor do que eu. rs

    enfim, muito obrigado pelo espaço, um abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Gabriel, primeiramente desculpe responder-lhe somente agora, estive em viagem! Bom fiquei muito feliz com sua postagem, pois tambem pude recordar do meu primeiro estagio e do meu primeiro paciente cuidei com ferida cronica por acidente ofidico (em 1994). Como voce tambem pensei o mesmo naquela època, mas a diferença è que realmente era muito dificil conseguirmos cicatrizar uma ferida tao rapido como atualmente, pois nao se tinha essa gama de produtos para escolher como hoje.Recem tinha chegado ao Brasil, mas nao ainda em todos os estados. Infelizmente ainda continua existindo em algumas instituiçoes os mesmos produtos que exitiam naquela epoca, porem cabe a cada profissional juntamente com os gestor a decisao da mudança das antigas formulas para as atuais. Quem ganha com isso?? Todos!! O paciente e familia (melhor qualidade de vida), a instituiçao (menores custos), o profissional (melhores condiçoes de trabalho)a sociedade (com a reinserçao social do ex-portador de feridas etc).Maravilhoso nao? Mas nao basta apenas ter os produtos certos. Lembre-se è preciso saber usa-los corretamente e orientar os paciente e familia quanto ao auto-cuidado! Desejo a voce otimos estudos e sucesso na profissao que voce escolheu. Parabens por ter entendido direitinho que isso è possivel sim! Volte aqui sempre que precisar! Obrigada pela sua mensagem! Um abraço

      Excluir
  2. boa tarde gostei muito da matéria e me interessou demais. Tenho mal perfurante à três anos já usei muitas pomadas não adiantou, moro no rio de janeiro capital e gostaria de saber onde posso encontrar esse tratamento. Desde já agradeço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Jurema , será + fácil avaliar seu caso tenha + informações e caso possível foto.
      Meu nome Marcelo e meu email:
      marcelo.hadida@yahoo.com.br

      Excluir
  3. Ola Jurema realmente nao conheço no RJ algum serviço para te indicar. No entanto tenho certeza que exites sim, pois aí ha varios profissionais bastante competentes! Bom um bom começo seria vc ir na unidade que te diagnosticou e pedir para te referenciar para uma unidade especialisada em mal perfurante plantar. Vc com certeza somente obtera sucesso se seguir todas as orientaçoes recomendadas por profissionais copacitados (tanto quanto ao curativo como a dieta, tipo de sapato indicado, repouso etc) mesmo que vc utilize o tratamento mais avançado, mas nao coloque em pratica as demais coisas vc realmente nao obtera sucesso!! Tambem sei que nao faltara pessoas leigas (vizinhos, parentes e amigos) para te dar receitinhas caseiras...mas mesmo que com boa intençao, essas receitas apenas retardarao o processo de cicatrizaçao, certo!! Lhe desejo muito sucesso. Caso vc tenha mais alguma duvida, venha novamente e me escreva ok. abrs

    ResponderExcluir
  4. Olá Jurema sou enfermeira do ambulátório de feridas em Cascavel/Pr, mal plantar para nós é um grande problema, tbem tive algum sucesso com alginato de cálcio, mas nao usei papaina 4% qual o objetivo dela alicom o alginato, já que papaina mais de 10% é desbridante.
    grata

    enf Dani danicvicentin@bol.com.br

    ResponderExcluir
  5. Ola Jurema (ou Dani)?? O objetivo do alginato neste caso foi apenas de preencher cavidade e junto com placa de hidrocoloide precisamos usar produtos com compatibilidade de troca, assim os dois sao perfeitos em tempo de troca. Ferida com cavidade precisa ser sempre preenchida (lembre se sempre disso ok)Bom mas como precisamos manter um meio umido e essa ferida apresentava tecido de granulaçao pouco viavel, decidimos por utilizar a papaina 4% que mantem um meio úmido, ajuda a estimular a cicatrizaçao e tb previne infecçao. Poderia tb ter sido utilizado um hidrogel junto com o alginato ou somente a hidrofibra (umida), mas nao tinhamos disponivel no nosso serviço (serviço publico ok). Lembre-se cada percentagem da papaína tem um objetivo. Muito grata pela sua participaçao volte sempre. Profa. Msc.Idevania Costa

    ResponderExcluir
  6. Olá Profª Idevania... estou acompanhando um Srº de 60 anos que apresenta ulcera de hanseníase em regiao plantar em calcaneo, o mesmo relata estar tratando há cerca de 10 anos essa ferida. Atualmente estou residindo em um cidade próxima a Sorriso-MT, chamada Nova Ubiratã, e trabalho na Saude da Familia. Ele não aderia ao tratameto quanto aos curativos e há mais ou menos 11 meses o convencemos a tratar a ferida, medindo 5cm e 3 de profundidade. Iniciei com Limpeza com Sf 0,9% em jatos, preechendo a cavidade com gazes umidecidas com dersani e SF 0,9%, mantendo fechado. Eu já havia visto neste site nessa epoca este tratamento demonstrado acima, sugeri o mesmo a equipe è Secretária de Saúde aprovou, mas não conseguimos adquirir o alginato de calcio. Até onde havia visto não era tão caro o tratamento, os valores variavam de 20 a 60 reais a caixa com 3 curativos - dependendo do tamanho. Segundo a farmaceutica do municipio, não foi encontrado o alginato em Sorriso nem em Cuiaba... que ela havia encontrado so em Curitiba... e não pediu. O Srº não tem condições financeiras, por isso a prefeitura vai ajudar. E a minha duvida é: onde posso encontrar para comprar o alginato de calcio? Qual valor em média? E tambem se continuo so com o dersani mesmo com curativo umido? Queria saber se está certo. O mesmo apresentou uma evolução boa, porem ainda lenta. O que posso fazer pra melhorar? Obrigada desde já

    ResponderExcluir
  7. Oi .meu nome e marcelle tenho 30 anos e desdos meus 9 anos de idade a minha mae tem ulceras plantares gostaria muito que alguem de comovesse e a ajudasse por meio desses tratamentos surgiu em nós uma nova esperança , ela sofre com essa doença a muitos anos e desde que me conheço como gente nunca se fechou e pesquisando agora eu vi ela nunca teve um acompanhamento adequado para o tratamente eu msm que cuido da minha mãe,uma vez o pé dela necrosou corri atrás para que não perdesse o pé, eu msm cuidei como não sei mexer com bisturi para debridar comprei a papayna 4℅ e passei mas gostaria que me informa-se aonde compra o alginato eo hicoloide pois gostaria muito de resolver o problema dela quero ver minha mae feliz a 17 anos ela nao sai de casa eo duro e ver ela com esperança que um dia vai sair para passear bjs conto com a ajudas de todos

    ResponderExcluir
  8. Bom dia meu nome è Manuela tenho 25 anos e descobrir q tenho hansenises mas já Tou no final do tratamento só q tenho um ferimento no pé abaixo do dedo q n fecha. Faço corativos em uma unidade de saúde mas nada adianta sou de salvador -ba e gostaria de saber como devo tratar ou onde posso tratar esse ferimento desde de já agradeço

    ResponderExcluir
  9. Ola Profa Idevania Costa!
    Meu pai tem Hanseníase, e recentemente apareceram umas feridas muito feias em baixo e na lateral do pé dele. Ele já é de idade, e para piorar este pé é o melhorzinho dele, todo peso ele apoia neste pezinho. Já ficou internado, e quando volta pra casa a ferida volta de novo. O que posso fazer para amenizar estas feridas? Por favor Profa Idevania Costa, me ajude!
    Meu email é gara213@msn.com
    Obrigada

    ResponderExcluir
  10. Boa noite!
    Minha mãe tem Úlcera Plantar e gostaria de obter alguns esclarecimentos. Caso possa me ajudar, segue o e-mail: ana_biagon@outlook.com

    ResponderExcluir
  11. bom dia tudo bem? sou estudante de podologia e meu tcc e sobre Hanseníase... gostaria de saber se pode me ajudar no processo de cicatrização passo a passo e também que tipo de regeneração tecidual acorre. grata e-mail valquiriaruiz2602@hotmail.com

    ResponderExcluir
  12. Olá Idevania tdo bem ??? Tenho seguelas de hanseníase e tenho uma ferida plantar no pé q já algum tempo q venho cuidando mas n cicatriza.Gostaria de uma informação sua,se for possível por favor entre em contato comigo Edson.

    ResponderExcluir
  13. Bom dia professora Idelvania gostaria de saber qual o email para contato.

    ResponderExcluir
  14. Olá boa noite. Parabéns pelo seu post!! Estou aqui porque minha mãe tem essa doença e apareceu um caroço no pé e o médico fez um corte e retirou o que estava inflamado. Porém não passou pomada. Médico mal falou. Estamos preocupados o que devemos passar?

    ResponderExcluir
  15. Muito bom o artigo. Eu gostaria de saber se esse tratamento serve para ferida decorrente de calo. Meu pai tem uma na planta do pe. Era um calo. Ele cortava e lixava ate que se formou uma ulcera. Nada ajuda a curar.

    ResponderExcluir

Deixe seus comentários, experiências, dúvidas... Participe!!