Feridas Complexas

 DEFINIÇÃO
          Ferida complexa é uma nova definição para identificar aquelas feridas crônicas ou mesmo algumas feridas agudas que apesar de serem bem conhecidas desafiam equipes médicas e de enfermagem.A cicatrização dessas feridas é difícil de ser resolvida usando tratamento convencional e curativo simples. Por isso devem ser tratadas em centro hospitalar especializado e por equipe multidisciplinar(1).
            Essas feridas representam um grande problema de saúde pública devido ao impacto sócio-ecônomico que contribui para onerar os cofres públicos com tratamento ambulatorial prolongado, pagamento de benefícios por longo período de tempo e muitas vezes aposentadoria precoce. Além disso, gera um enorme impacto na qualidade de vida da pessoa acometida.
Os grupos de feridas complexas mais conhecidos são: úlceras neuropática (em pé diabético e Hanseníase), úlceras por pressão, úlceras venosa e arterial.

CLASSIFICAÇÃO
 
Úlceras Neuropáticas: úlcera em pé diabético e úlcera plantar de hanseníase
A neuropatia periférica ocasiona danos nas fibras autonômicas responsáveis pela manutenção das glândulas sebáceas e sudoríparas, acarretando diminuição da produção de secreção, deixando assim a pele mais ressecada e inelástica propensa ao aparecimento de fissuras que se não foram  tratadas, comprometem as estruturas das mãos e dos pés, favorecendo o aparecimento de lesões das fibras autonômicas, sensitivas e motoras. A consequência dessas alterações são lesões primárias, como mão em garra, pé caído e anquilose (articulação endurecidas); e secundárias como paralisias musculares, fissuras, ulceras plantares, lesões traumáticas, osteomielite, com posterior necrose, gangrena e perda de segmento ósseo(2).
Figura 1 - Mãos em garras

Figura 2 - Articulação endurecida

Figura 3 - Fissuras

 O mal perfurante plantar é uma ulceração crônica em áreas anestésicas por trauma ou pressão. Esta ulceração é bem comum em portadores de hanseníase e diabetes mellitus (2). 



 Figuras 4 e 5- Mal perfurante plantar
As úlceras plantares em pacientes com hanseníase e diabetes não ocorrem, exatamente, por causa da doença, mas sim devido aos efeitos neuropáticos sobre os pés. Isto aumenta o risco de trauma para os pés dos pacientes, levando ao desenvolvimento de úlceras crônicas de dificil cicatrização (complexas), principalmente se não aliviar  a pressão, causada pela pisada, sobre a úlcera (3,4).
Figura 6 - úlcera neuropática (Diabetes e Hanseniase)
Em pacientes diabéticos a doença arterial periférica, distúrbios no processo de cicatrização e na defesa imunológica são outros fatores contribuintes para o aprecimento de lesões nos membros inferiores(4), que se não tratadas precocemente pode ocasionar perda dos membros (amputação).


 Figura 7 - Pé diabético + doença arterial
Figura 8 - Amputação devido insuficiência arterial


Figura 9 - Amputação em ante-pé diabético


Segundo a National Pressure Ulcer Advisory Panel, UP é uma lesão localizada na pele e tecidos subjacentes que tende a desenvolver-se quando os tecidos moles são comprimidos entre uma proeminência óssea (Ex: trocânter, sacro, ísquio ou calcanhar) e uma superfície dura por um período prolongado de tempo, tendo a pressão, cisalhamento, fricção e/ou uma combinação desses, como as principais causas(5).

Figura 10 - úlcera por pressão (calcanhar)
Úlcera Venosa:
Úlcera venosa (UV), também conhecida por úlcera varicosa, ou de estase é uma lesão crônica de perna, de alta incidência clínica causadas por uma incompetência do sitema valvular, associada ou não à obstrução do fluxo venoso, que afeta o sistema venoso superficial, profundo ou ambos, causa danos às válvulas das veias das pernas e leva à hipertensão venosa(6-8). Elas são caracterizadas por um padrão cíclico de cura e recidiva(7) com 57% de taxa de recorrência relatada dentro 10,4 meses após a cicatrização(9).


Figura 11 - Úlcera venosa




Figura 12- úlceras venosas
O inicio da UV pode ser traumática, secundária a infecção, ou devido ao aumento do edema. A dermatite local pode ocorrer da doença venosa, irritação de contato, ou reações alérgicas e pode manifestar clinicamente como prurido, vermelhidão e bolhas(10) conhecida nessa fase como erisipela.
Figura 13- Erisipela Bolhosa
Úlcera arterial:
Úlcera arterial ocorre devido à inadequada perfusão da pele e tecidos subcutâneos causando  isquemia tecidual(10). Em geral os sinais e sintomas são extremidade fria e cianótica; retardo no retorno da cor após a elevação do membro afetado; pele atrófica, perda de pêlo; diminuição ou ausência das pulsações das artérias dos pés; claudicação intermitente e dor aumentada com elevação das pernas (2,11).


Figura 14 - úlcera arterial (região dorsal pé)

Outras características clínicas são tecidos desvitalizados, com presença de esfacelos e escaras, pouco exsudato e bordas irregulares. São localizadas quase que exclusivamente na região distal (pododáctilos), tornozemos, calcâneos e maleolos (2,11). 
Figura 15- Úlcera arterial região posterior tornozelo




IMAGENS FOTOGRAFICAS:

As imagens fotográficas divulgadas nesta postagem  foram obtidas por meio de Termo de Consentimento Livre e Esclarecido dos pacientes, exclusivamente para a autora, e por isso não devem ser copiadas sem a permissão da mesma.

REFERÊNCIAS:
1.    Ferreira Marcus Castro, Tuma Júnior Paulo, Carvalho Viviane Fernandes, Kamamoto Fábio. Complex wounds. Clinics . 2006  61(6):571-578. [cited  2011  Aug  28].  Available from: http://www.scielo.br/pdf/clin/v61n6/a14v61n6.pdf
2.    Brasil. Ministério da Saúde. Manual de condutas para tratamento de úlceras em hanseníase e diabetes. Secretaria de vigilância em Saúde, Departamento de Vigilância Epidemiológica. 2 ed., rev e ampl. Brasília: Ministério da saúde, 2008.
3.    Chauhan VSPandey SSShukla VK. Management of plantar ulcers in Hansen's disease. Int J Lower Extremity Wounds. 2003 Sep; 2(3): 164-7.
4.    Lyra R, Cavalcanti N. Diabetes mellitus. Rio de Janeiro: Diagraphic, 2006.
5.    National Pressure Ulcer Advisory Panel (NPUAP) and European Ulcer Advisory Panel (EPUAP). (2009). Prevention and treatment of pressure ulcers: Clinical practice guideline. Washington, DC: National Pressure Ulcer Advisory Panel.
6.    Maffei FHA. Insuficiência venosa crônica: diagnóstico e tratamento clinico In: Maffei FHA,  Latória S, Yoshiba WB. Doenças Vasculares Periféricas. Rio de Janeiro: Medsi; 1995. P. 1003-11.
7.    França LHG, Tavares V. Insuficiência venosa crônica uma atualização. J Vasc Bras. 2003; 2 (4): 318-28.
8.    Palfreyman S; King B; Walsh B. A review of the treatment for venous leg ulcers.  Br J Nurs; 16(15): S6-14, 2007 Aug 9-Sep 12.
9.    Christensen CR; Yeager AA  Case study: a unique approach to compliance in a patient with venous ulcers. J Vasc Nurs; 19(2): 52-4, 2001 Jun
10. Sibbald RG, Williamson D, Contreras-Ruiz J, Burrows C, Despatis M, Falanga V, Cherry GW. Venous leg Ulcers. In: Krasner DL, Rodeheaver GT, Sibbald RG. Chronic wound care: a clinical source book for healthcare professionals. 4th edition. Malvern: HMP Comunications, 2007.
11. Holloway-Jr GA, Arterial ulcers: assessment, classification and management. In: Krasner DL, Rodeheaver GT, Sibbald RG. Chronic wound care: a clinical source book for healthcare professionals. 4th edition. Malvern: HMP Comunications, 2007.

SE VOCÊ ACHOU INTERESSANTE DEIXE COMENTÁRIOS ABAIXO! PARTICIPE

60 comentários:

  1. Oi blz o devo usar, quando existe predominância de tecido de granulação? e qual os melhores desbridantes autolíticos?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Em caso de tecido de granulaçao o importante é utilizar coberturas que mantenha o equilibrio da umidade da ferida ok. Por exemplo hidrocoloides e hidrogeis. Na mina pratica clinica o desbridamento que mais tenho visto resultado é o enzimático, preferenciamente a papaina (veja mais sobre em terapeutica neste site). Lembre-se que somente um profissional (enfa ou medico)preparado e capaz de acompanhar os resultados deve prescrever esse tratamento, pois o tratamento deve ser modificado de acordo com a mudança de aparencia\caracteristicas da ferida. Grata pela sua participaçao.

      Excluir
  2. Boa tarde, hoje vi uma reportagem dizendo que o FDA proibiu o uso da Papaina por causa de vários riscos à saúde do paciente. Você já percebeu algum efeito colateral da papaina em algum paciente?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola Thiago, voce trouxe uma questao interessante para ser esclarecida aqui neste espaço de discussao. Bom primeiro precisamos explicar que o FDA (Food and Drug Administration) é o orgao de fiscalizaçao dos Estados Unidos, o que corresponde a Vigilancia Sanitária, representando o Ministério da Saúde. Bom assim, essa proibiçao ocorreu naquele país, nada foi reportado de forma similar ao Brasil. Segundo, a proibiçao do FDA ocorreu porque a papaína utilizada no U.S era associada com uréia (papain-urea) e complexo de clorifilina de cobre (chlorophyllin-copper complex), veja maiores explicaçoes no link http://dig.pharm.uic.edu/faq/topicalpapain.aspx . Eles tb referiram que alguns pacientes tiveram alergia ao Latex do mamao. Em minha pratica, ate o momento, somente alguns poucos pacientes referiram algum inconveniente como prurido (“pinicaçao”), mas apenas quando utilizado papaína com percentagem maior que 8% e em algum tipo de ferida como por exemplo ulcera venosa. Mas isso em alguns pacientes, pois sabemos que algumas pessoas tem uma sensibilidade maior para dor. Para esses pacientes costumamos substituir por uma percentagem menor ou por outro produto, se tivermos disponivel, pois nosso serviço é publico e dependemos de licitaçao. Assim nao ha evidencias cientificamente comprovada, no Brasil, que nos proiba de utilizar a papaína. No entanto a SOBEST a SOBENDE (duas sociedades que focam tb em feridas)emitiram uma nota tecnica a respeito, solicitando apenas que reportem à essas sociedades alguma intercorrencia que venha ocorrer com o uso da papaína. Talvez isso seja tema para futuras pesquisas. Obrigada pela sua participaçao e seja sempre bem vindo.

      Excluir
  3. oi! boa tarde.
    tenho um tio que tem aparentemente ulcera venosa...acompanho essa ferida desde os meus 10 anos de idade, hj estou com 31 anos. Preciso ajudar ele a cura essa ferida, ele é sozinho e percebo que falta cuidado no tratamento, vc tem como me ajudar? qual o procedimento que devo ter para realizar o tratamento ou tem algum lugar que posso levar ele para realizar esse tratamento? moramos em Guaramirim SC.
    por favor me auxilie em buscar de uma clinica por aqui.

    obrigado.
    Wesley.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa Noite Wesley. Muito legal seu interesse em ajudar seu tio e com certeza ele deve estar precisando muito de atençao de toda a familia e especialmente de alguem que possa fazer o curativo de acordo com as recomendaçoes profissional. Bom primeiramente, sugiro que vc converse com seu tio tentando saber que tipo de tratamento ele ja fez até o momento e se ele ja foi avaliado por um medico vascular, e se fez exames para detectar se é mesmo ulcera venosa, por exemplo o dopler venoso e arterial dos membros inferiores. Porque vc deve fazer isso? Para que quando vc acompanha-lo ao medico vc tb ajude o medico dando todas as informaçoes que muitas vezes ele pode nao lembrar, alem de levar em maos todos os exames ja realizados...após isso se vc identificar que ele ja visitou um médico vascular, marque um retorno, caso contrario marque uma nova consulta! Bom eu nao sei qual a condiçoes financeira de vcs, mas ha atendimento pelo SUS para isso e com certeza SC tem excelentes serviços e bons medicos. Assim se esse é o caso dele, consulte uma Equipe de Saúde da Familia que o encaminhará para um medico especialista em ulcera venosa, ou indicarao um centro de tratamento de feridas na sua cidade ou mais proximo. Esse é o papel da equipe de saude pois é dever do Estado oferecer atendimento de saúde a todos os cidadãos! Quanto ao tratamento para ulcera venosa, solicito que vc veja minha resposta á um ultimo post na seçao de ulcera vasculogenica do site, onde tem algumas informaçoes que respondi á uma enfermeira que recentemente fez contato, solicitando sobre a indicaçao da Bota de Unna (o tratamento padrao ouro para ulcera venosa). Lembrando que esse tratamento nao é indicado para ulcera arterial e por isso somente um medico vascular apos fazer o exame das veias profundas do membros inferiores, poderá prescrever esse tratamento! Obrigada pela visita ao nosso site, desejo muito sucesso no caso do seu tio e se vc puder, volte aqui para nos contar a evoluçao ok!!, Enfa Idevania

      Excluir
    2. oi. Obrigado pela atenção, sim ele ja fez varios exames e foi constatado que é pela circulação venosa dos membros inferiores, tanto que quando vi as fotos de tipo de caso é bem semelhante, somente muda o local e tamanho da ferida, o problema dele se agrava ainda mais porque ele fuma, agora esta parando.
      Esse tratamento é caro? porque tinha uma mulher que se ofereceu pra cuidar dele, mas disse que só os remédios custam 500,00, é tudo isso mesmo? pelo que vi é usado pomadas e material para limpeza e gase, o que faz o resultado mesmo é a dedicação com as trocas e limpeza das feridas certo?
      Desculpe já fiz mais um monte de perguntas...
      Obrigado.

      Excluir
  4. OLÁ, BOA TARDE.
    Tenho vasculite livedóide há 17 anos, sempre aparece feridas na região do tornozelo, e de difícil cicatrização. Ja passei de tudo durante esses anos. No momento estou com uma ferida ja faz quase dois meses e não fecha. Minha dúvida é: o que é melhor para passar na ferida para tirar a fibrina? Pois a fibrina que dificulta a cicatrização e eu não consigo tirar com gase pois dói muito, eu ja até tentei, mas não sai. Poderia me ajudar?Obrigada. Tárcia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa tarde Tárcia, o ideal é vc , além de ser aconpanhada por um médico vascular e/ou um dermatologista, ser também acompanhada por um profissional experiente em tratamento de FERIDAS CRÔNICAS, geralmente um enfermeiro, pois esse terá condiçoes de aplicar os curativos acompanhar o processo de cicatrizaçao, periodicamente, conhecendo o que é mais adequado para o seu tipo de ferida. Há varios tipos de desbridamento mas para isso temos que conhecer a história do paciente. Por exemplo, voce me disse que sente muita dor, diante disso nao há como lhe recomendar um desbridante enzimático como a papaína que dentro da minha experiencia é o que mais tem funcionadao até o momento. Mas provavelmente voce nao suportará ou terá que fazer rodizio com outro produto. Neste caso somente um profissional entendido de feridas, com tudo que essa traz, poderá definir o melhor tratamento para voce ! Tratamento de feridas nao é algo simples, é muito mais complexo do que se imagina, porém há soluçao. Converse com um profissional sobre a papaína, pois é necessário prescriçao e entendimento de como essa funciona. Espero te-la ajudado e desejo sucesso no seu tratamento.

      Excluir
    2. Onde posso adquirir um desbridante enzimático como a papaína ? Sofro de vasculite. Só que a minha começou quando eu operei a coluna, foi muito tempo de cirurgia. O soro saiu da veia, naquele local começou a coçar, não conseguiram mais colocar o soro, pois onde eles espetavam a veia estourava e no dia seguinte em todos os lugares que foram espetados, começaram a coçar. Em três dias parecia uma picada de mosquito, começava a coçar e formava a ferida. E coçando muito. Formava uma casca falsa, arrancava aquela casca e por baixo a ferida ali estava. Tenho usado muito a TROK ou a candicort creme, mas não estão fazendo mais efeito. Todos os anos faço exames. Todos os anos é esse martírio, estou desde dezembro nesse transtorno, tenho 67 anos, já pensei até em da cabo na minha vida. pois o meu corpo é todo marcado por causa dessas feridas. É desesperador . Não estou aguentando mais..., Meu e-mail é dalvacannone@gmail.com Sinto um alívio na coceira quando passo vinagre... Se puder me ajudar, eu lhe agradeço.

      Excluir
  5. Ola estou com uma paciente com deiscencia de sutura após realizar mamoplastia de aumento, foi realizado sutura 2vezes e abriu no momento tá inflamado, mais a não houve crescimento bacteriano como posso ajudar?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha ja tive uma paciente assim que fez deiscencia e nao fechava. O medico teve que tirar a protese pois o tamanho nao era compativel com a elasticidade da pele para haver juncao definitive das bordas! Algumas pessoas tem elasticidade cutanea diferente e muitas fezes gera esse problema na cicatrizaçao de incisao cirurgica! Discuta com o medico sobre isso. Se realmente nao há infecçao e vc esta seguindo o tratamento direitinho e pelo visto sim, pois ja houve fechamento e reabrir, entao eu acredito que o problema é com a pele e protese ou tb tipo, tamanho, marca algo assim! Nao demore muito pois a paciente fica deprimida com essa situacao! Obrigada pela sua participaçao. Sucesso!!

      Excluir
  6. ola boa tarde por favor gostaria de saber se tem um tratamento para a cicatrização de feridas causada por ulceras plantar? por favor me responda obrigada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim existe! Porém voce deve procurar um centro ou professional especializado em ulcera plantar, pois o tratamento nao envolve apenas curativos mas sim avaliaçao do grau de comprometimento da perda de sensibilidade (neuropatia)devido ao comprometimento dos nervos sensoriais e motores, alem de uso de sapatos adequados. Uma das principais coisas que auxilia na cicatrizaçao de ulcera plantar é nao "pisar em cima da ferida". Digo isso porque o paciente muitas vezes passa o dia todo andando e isso machuca ainda mais a ferida, contribuindo para retarder a cicatrizaçao. Por isso repouso, uso de muletas e sapatos especiais sao os pontos fortes no tratamento. Veja mais informaçoes neste site na pagina de caso clinic sobre ulcera plantar (no topo), varias respostas dadas podem ajudar ainda mais...obrigada pela participaçao!!

      Excluir
  7. Olá! Tenho uma irmã de 4o anos, dentista, não obesa, não fumante, que teve POLIMIOSITE, que evoluiu para Vasculite e Neurite. Parece que tem doença do colágeno, e Abriu uma ferida enorme nos tornozelos. Estamos usando Soro Fisiologico, chorohex, Dersani Gel e Oleo, Gaze, O q eu poderia colocar mais para melhorar mais rápido ? Ela esta tratando tb na câmara hiperbárica. Medicações: omeprazol, cilostazol, lactulona, lyrica 150, mytedon, citoneurim, sildenofil 50, meticorten 20, hydergine, tegretol, imuran, pamelor, versa 40, daflon, dpura, neutrofer, planta bem, reuquinol 400, ticlid, haldol, Posso dispor de fotos para o seu arquivo pessoal. abçs
    ma.amoc@hotmail.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi! Obrigada pela sua participaçao. No entanto gostaria muito de te indicar um professional que trabalha na area de feridas em sua cidade, voce poderia me dizer qual é a sua cidade, e entao tentarei encontrar algum centro especializado para que vc posso procurer. De qualquer forma, posso te dizer que o que sua Irma tem nao é algo simples, por isso deve procurer uma assitencia especializada. Ela está sendo acompanhada por um medico vascular? Alem disso um enfermeiro especializado em feridas? Vamos manter contato ok. abs

      Excluir
  8. Olá, gostaria de saber o que usar em tecido de granulação e esfacelo na mesma ferida. Seria correto irrigar com SF morno 0.9% em 15 cm de distância, fazer a aplicação de Saf Gel e colocar adaptic e gazes?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, sim me parece uma boa escolha, pois assim voce estará aplicando o debridamento autolítico O que voce deve fazer é a cada troca de cobertura avaliar o resultado e conforme for modifique para um outro tipo de debridamento (ex: Enzimático. Eu gusto muito da papaína. Veja mais informaçoes no menu acima sobre terapeutica!! Avalie sempre o seu resultado e a aceitaçao do paciente, pois alguns referem desconforto. Sucesso

      Excluir
  9. O que eu poderia usar em tecido com necrose seca e esfacelo ? e qual seria o tempo de troca?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Poderia ser produtos a base de gel ou óleo (Ácidos graxos essenciais). O tempo de troca depende da indicação do fabricante. Porém sua avaliação clínica é muito importante, pois se a cobertura estiver saturada com o exsudato contribuirá para maceração e cultivo de bactéria. Assim muitas vezes vc terá que trocar em 24h mesmo que o fabricante recomende trocar com 5 dias. Lembre-se cada ferida e diferente, pois o processo de cicatrização tem tb varias fases, além disso existe as complicações, como por exemplo infecção!! Sucesso.

      Excluir
  10. Boa Tarde, tenho uma amiga, que está com umas feridas nas mãos e nos pés, elas secam e voltam secam e voltam e ficam soltando aquelas pele secas, já fez todos os exames possíveis e nada foi encontrado o que poderá ser ? obrigado

    ResponderExcluir
  11. .........completando minha postagem de 1 de outubro de 2013 12:43....... Essa lesão começou como se fosse uma picado de inseto e apenas coçava.
    Foi aumentando com umas bolhas aparecendo que iam arrebentando e virando ferida.
    Coça. Arde. Queima como fogo. Hoje os 2 pés estão feridos. As mãos também. E no corpo varias pintinhas como se fosse catapora e que coçam.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá qual região vocês moram? já foi em algum dermatologista? Hâ varios problemas de pele que tem esta caracteristica, por exemplo: psoriase, penfigo tambem conhecido como fogo selvagem. Pelo que vc me descreveu parece um dos dois, no entanto apenas um dermatologista que cuida de lesoes (nao de estética) pode diagnosticar e tratar. Procurem um serviço de saúde preferencialmente um hospital universitário. Espero que sua amiga fique bem!!

      Excluir
  12. Olá, boa noite!
    Meu filho sofreu um acidente, e rompeu 4 tendões dos dedos dos pés, já passou pela cirurgia, mas devido a pancada a pele que cobria o corte necrosou, tendo que ser removida, sendo assim abriu uma ferida, onde os tendões estão expostos, o cirurgião plastico passou a pomada KOLLAGENASE, O SORO FISIOLÓGICO E DERSANI PARA O ENTORNO DA FERIDA, já apareceu alguns grumos, mas a quantidade de fibrina ainda é maior, quando usei em um curativo a PAPAINA, o resultado foi fantástico, a papina comeu toda fibrina, mas o médico não quer que use, disse que pode lesar os tendões,estou sem saber o que fazer, o que você acha?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Zú, bom primeiramente como vc mesma viu a papaína é muito melhor que a Colagenase para debridamento. Porém infelizmente a maioria dos medicos nao sabem disso e tem medo de usar a papaína. Bom o que posso te dizer é que ainda não vi estudos dizendo que a papaína danifica os tendões, mas com certeza vc deve usá-la com acompanhamento de um especialista em feridas (pode ser enfermeiro com experiencia ou enfermeiro estomaterapeuta). Provavelmente quem te indicou a papaína sabe como fazer. Outra coisa é vc usar a papaína em uma porcentagem menor a medida que diminui tb a quantidade de fibrina. Por isso o melhor mesmo é um acompanhamento de alguem que sabe tomar decisao acordo com o aspect da ferida. Veja em sua cidade um lugar de referencia em feridas, ambulatorial ou hospital universitário. Pois depois que desbridar terá que usar um produto para estimular a cicatrizaçao, como os a base de gel ou oleo, sendo tb placas de hidrocoloides entre outros tao bons que existe no mercado. Se essa lesao nao manter -se hidratada com o produto certo o tecido irá necrosar novamente, entende? Desejo muito sucesso no caso do seu filho. Abs

      Excluir
  13. Idevania, boa noite
    Meu pai tem 81 anos, Tem pressão alta e já faz tratamento a mais de 40anos. Tem 2 meses aprox.. que saiu uma ferida no dedão do pé esquerdo e não cicatriza. Ele não é diabético. No doppler dos membros inferiores diagnosticou: estenose maior do que 50% no terço proximal da artéria fibular direita, oclusão do terço médio e dista da artéria tibial tibial posterior esquerda observa-se recanalização dital com fluxo filiforme e com padrão espectral pos estenotico., oclusão do terço médio e distal da artéria tibial anterior bilateral.
    Já passamos em 3 vasculares, e estamos com o seguinte tratamento: CEBRALAT, PENTOXILINA, ALOPURINOL, LIPITOR, DIOVAN (PRESSÃO ALTA), FLUCONAZOL, TYLEX, IRUXOL ( esta pomada é o que tem melhorado um pouco mas ele sente muita dor...). tem inchaço nas pernas, coça muito do tornozelo para o pé.
    Estou desesperada pelo meu pai. Porque não melhora...
    Por favor, poderia me ajudar. Posso te enviar algumas fotos para vc ver? Existe uma equipe de saúde na região de são Paulo, zona oeste, que possa me indicar?
    Obrigada pela sua atenção.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá seu pai precisa ser atendido por um serviço especializado em feridas crônicas, incluindo vascular, enfermeiro especialista em feridas, nutricionista etc. Atualmente há vários produtos excelentes para tratamento de feridas e como já disso aqui no blog eu particularmente prefiro outros do que a colagenase (Iruxol). Mas é preciso uma avaliação sistemática, conheço alguns serviços em São Paulo privados e públicos, talvez não seja na sua região, mas valem a pena. Se você tem convenio te indicaria a Enfmedic, é um serviço composto por enfermeiros especialistas, médicos e nutricionistas veja o link http://www.enfmedic.com.br/contato.asp. Também tem serviços públicos como o Hospital Cotoxó faz parte do Hospital das Clinicas da USP (HCFMUSP), lá eles tem um ambulatório para tratamento de feridas, composta por equipe interdisciplinar. Se você quiser mais detalhes me deixe seu e-mail que entro em contato. Desejo muito sucesso no tratamento do seu pai!

      Excluir
    2. Idevania bom dia. Começamos tratamento com a clinica estomacare ( tem enfermeiros estomaterapeutas). Tentamos a enfemedic mas não aceita convênio. Estamos gostando do tratamento e já vimos melhoras. Muitíssimo obrigada pela atenção e Parabéns pelo seu trabalho! Abraços.

      Excluir
  14. Idevania boa noite, nossa qsto muito feliz por u ter encontrado esse sit , querida estou com um ferimento n meu tornozelo ja fui n medico aqui na minha cidade mais so me passam pomadas (cetaconazol), a ferida é dura e coça muito , quando coço saia uma agua ao lado da primeira ferida ja apareceu outra fica uma pele fina por cima gostaria de te enviar uma foto para ver se vc me ajuda , ja gastei muito ja usei ate Benzoato de Benzila que medico passou, por favo me ajuda

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola Ana, olha vc precisa procurer um médico dermatologista que trata doença tropical (nao os que cuidam de estetica ok) veja nos hospitais universitarios, pois geralmente há um departamento de dermatologia que funciona bem e eles tem interesse em decobrir casos raros. Mas pelo que me parece o seu tipo de ferida deve ser tratada com antibiotico sistemico (nao local), e talvez fazer ate mesmo uma biopsia para identificar a causa. Sucesso!

      Excluir
  15. meu pai perdeu o anti pé devedido a esquemia que ele teve,por conta da diabete. o ferimento esta meu aberto com fibrina estamos lavando com soro fisio e usando dersane. esse tratamento esta correto. já vai fazer 2 meses.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá veja com um profissional para avaliar e ver a possibilidade de retirar a fibrin com a papaína. Precisa ser alguem que conhece de ferida e sabe prescrever a percentage correta da mesma. A fibrina precisa sair para entao iniciar a cicatrizaçao. Varias coisas estao envolvidas nesse processo ex: controle da glicemia, nutriçao (proteina, vitaminas e sais minerais) inclua Vit C e melhora da circulaçao (veja um medico vascular). Acompanhamento por uma equipe interdiciplinar é o mais recomendado! Sucesso

      Excluir
  16. boa tarde drª minha esposa tem 28 anos e a 3 vem sofrendo com feridas que surgem constantemente em suas pernas e agora coxas e braços, ela já foi á vérios dermatologistas que passam pomadas para aplicar na pele, até seca as feridas mas não impedem que surjam novas feridas constantemente, sempre surgem feridas. O que podemos fazer para ajudá-la a não surgir mais novas feridas? quais profissionais vc recomenda? moro em recife e tenho plano de saúde. Obrigado!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, a primeira coisa é saber a causa da ferida. O que me parece é que a causa não está superficialmente. Um dermatologista poderia investigar melhor com avaliaçao clinica, testes sanguineos e até mesmo cultura da secreçao ou biopsia. Sugiro que procure um infectologista ou especialista em doenças tropicais. Desejo melhoras para sua esposa e sucesso no tratamento futuro!

      Excluir
  17. oi Tudo Bem.Eu Estou Com uma Ferida Bem no Tendão Não Doe Nem nada Nem pra mover o pé.Eu toque Nela Sai um Liquido Transparente ,e Tipo Tem Uma Raiz,Parece Uma Linha do lado Da ferida .Nao sei se Deu pra Entender Estou Com Duvidas Obrigado.a Ferida ta Cicatrizando Normal ...ELA É BEM PEQUENA asim aparente eu vendo mais tocando eu vi essa linha parece o raiz.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, sugiro que voce procure um especialista. Pode ser normal, mas apenas uma avaliaçao pessoalmente de algum professional especializado em feridas ou mesmo um ortopedista, poderá te afirmar e dar melhores direçoes!

      Excluir
  18. Olá, tenho meu irmão acamado a uns dois anos, ele esta com ulcera de pressão no isquio.. jja tem acompanhamento com.uma enfermeira especialista nisso a muito tempo porém essa ferida estacionou nao tem nenhuna evolução a meses.. esta pequena.porém com um túnel .. alguma.sugestao por favor?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, não tem como dizer o que está causando a falta de evoluçao, sem uma avaliaçao direta do paciente. Porém sugiro que voce veja com a enfa se ela está preenchendo o túnel com gazes, ou alginato de calcio. É preciso preencher a cavidade pois a cicatizaçao acontece de dentro para fora, e neste caso é preciso preencher para ^favorecer a vinda do tecido. Também há outros fatores que retardam a cicatrizaçao como: mal-nutriçao, anemia, diabetes, infecçao, fibrina/esfacelo, e até mesmo o fato do paciente ficar deitado "em cima" da ferida. Faça uma avaliaçao geral do seu irmão, tenta ver a ferida e além da mesma. Ficam aqui as dicas!! Espero que consigam obter um excelente resultado. Se as dicas ajudarem volte para dar seu depoimento . Obrigada!

      Excluir
  19. Olá meu sogro possui uma ferida na perna a mesma que começo em uma das pernas quando ele ainda tinha 21 anos de idade, ele conta que começou com caibras e dores internas, logo apos virou feridas, ele foi em varios especialistas e medicos, e nao obteve nenhum sucesso, nenhum medico conseguiu diagnosticar o seu problema depois de 32 anos, a ferida tomou conta da sua perna deixando assim, ele com muitas dores e desanimado por nao saber que tipo de ferida é e o tratamento que ele pode fazer. Voce tem alguma noção do que possa ser e que especialista ele poderia ir? Pois essas feridas estão a anos com ele e sem sequer algum diagnostico. Obrigada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Primeiramente sinto muito por seu sogro ter uma ferida há tantos anos sem diagnostico. Mas infelizmente isso é mais comum do que imaginamos. Já recebi vários pacientes assim e também com feridas de 10, 30 e 40 anos sem cicatrizar. São inumeros os fatores responsáveis desde o descaso de muitos profissionais até a falta de apóio da familia e falta de recursos materiais para aquisiçao de produtos e coberturas (que deveriam estar disponiveis na rede pública, é claro!!). Mas gostaria de saber mais informaçoes e também ver uma foto da ferida. Meu papel não será de diagnosticar e tartar pois o tratamento de feridas complexas envolve uma equipe multiprofissional e acompanhamento periódico, mas te darei direçoes para que voce e seu sogro consigam encontrar profissionais qualificados para assistí-lo. O apóio familiar, principalmente quando o paciente já está desanimado (por ter vários anos com a ferida) é muito importante e te parabenizo por estar preocupada em se empenhando em ajudá-lo! deixe uma mensagem com seu e-mail ou se preferir entre no facebook https://www.facebook.com/feridascomplexas e envie uma mensagem na area privada, que somente eu terei acesso. Voce poderá postar fotos e manteremos contato por lá ok.

      Excluir
  20. Olá, boa tarde. Meu pai tem 71 anos é é portador de uma doença rara chamada paniculite cronica. Mas o que acontece é que a mais ou menos 4 meses ele furou a perna (canela) com prego e isso virou uma ferida que não há o que cure. Já fez diversos exames de sangue, raio x, ultrassom e por ultimo biopsia, na biopsia deu "ulcera cronica generalizada", o que vem a ser isso? Há dias em que as pernas dele incham muito. Não tem problemas de diabete, pressão alta ou baixa,circulação, coração, os exames dele estão todos bem. Já usou inumeros medicamentos e até mesmo remédios caseiros, os médicos não sabem mais que caminho tomar, agradeço muito se puder nos ajudar. Somos de Londrina/Paraná. Muito obrigado.

    ResponderExcluir
  21. Só corrijindo...a doença do meu pai é paniculite migratoria cronica

    ResponderExcluir
  22. Olá, meu nome é Mirian, meu filho tem 25 anos e a 3 vem sofrendo com o mal perfurante plantar, quando um estava quase curado aparece outro a cerca de um mês, tudo que nos orientam fazemos, mas não vejo muito resultado, sinto falta de um local especializado. Moro em Itaguaí, e se tiver uma clinica ou médico para me indicar agradeço. Ele não é diabético nem tem hanseníase pois já fez os exames, o de diabete então é feito cotidianamente. Estou desesperada com a situação me ajude por favor!

    ResponderExcluir
  23. Sou a Mírian, do comentário acima Itaguaí fica no Rio de Janeiro.

    ResponderExcluir
  24. Olá meu nome é Junior e sou enfermeiro, moro em Serra/ES. Gostaria de saber se vc tem alguma material falando de coberturas e produtos para tratamento de feridas. ficarei grato se puder me enviar.

    ResponderExcluir
  25. olá me chamo Sancleia, meu pai deve o ante pé amputado devido complicações vasculares que não irrigavam a ponta dos dedos, tem uma semana que fez o procedimento e hj apareceram bolhas na proximidade do tornozelo, bolha aquosa, será que é erisipela. como devo proceder? Obrigada,

    ResponderExcluir
  26. Gostaria de saber se na região de Mogi das Cruzes tem algum profissional especialista em feridas membros inferiores . Pessoa diabetica.Há 1 ano a pessoa fraturou o tornozelo necessitou colocar pinos e após a cirurgia apareceram ulceras que até agora não fecharam. Já fez varias sessões na camara hiperbárica. Não deu muito resultado.Recebemos informação que existe um tratamento com curativos especiais comprados.Precisamos de um profissional dessa area.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Infelizmente nao sei dizer. Mas indico Dois SERVIÇOS excelentes em SP veja os sites:
      1) enfemedic http://www.enfmedic.com.br/index.shtml
      2) http://www.estomacare.com.br
      Talvez seja perto ou de facil acesso! Boa sorte.

      Excluir
  27. GOSTARIA DE SABER PORQUE QUE PROXIMO DO TORNOZEIRO APARECE UMA COCEIRA E DEPOIS PARECE PICADA DE INSETO NÃO SEI MAS O QUE FAZER POIS FICA MARCAS HORRIVEIS

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola, Isso eh devido ao problema vascular. Sugiro que procure um medico vascular!

      Excluir
  28. oi gostaria de saber se tem algum remédio pra quem teve um enfarto no pé minha mãe ta com uma ferida muito grande no pé ela e diabética e teve um enfarto no pé fez cirúgia mas ta muito feia a ferida e o medico não passou nada pra por em cima só lavar com água e sabão e passou atibiotico só

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Marileide, todos os produtos e coberturas que recomendo estao aqui no site. No entanto ferida em pessoa com diabetes é considerada complexa e necessita de avaliação e acompanhamento de profissionais especializados. Recomendo que vc procure um ambulatório de feridas e leve sua mae. Nao demore pois isso é sério! Boa sorte.

      Excluir
  29. mEU NOME é ciça ,sou de jundiai ,estou a 5 meses a uma ferida no pé ,não sou diabetica ,mas tenho alto grau de alergias a remedios ,estava usando a papaina a 3 % sinto dores horriveis nas veias e com adormecimentos no labios vaginas e boca ,me deu tb coceiras pelo corpo e dores terriveis igual uma ferroada na veias que chegam a sentir dores de enjoo ,gostaria de saber o que devo fazer pois ja passei por 8 medicos e ninguem resolve nada ,estou desesperada obrigada !

    ResponderExcluir
  30. olá meu nome é mikaelli,sou de maringá pr meu sogro furou o pé á exatamente 2 anos e meio no trabalho e até hoje não cicatrizou o pé ,ele já passou por 2 cirurgias pois tinha ficado um pedaço de borracha da bota que estava usando na hora,mas depois das cirurgias o pé não cicatrizou ainda e incha constantemente ,e ele não tem diabetes ,mas tem pressão alta e bebe e fuma também, mas ele faz curativos até hoje e nada! gostaria de saber qual é a causa desse furo não fechar ?os médicos não dão o diagnóstico pra ele dizem que ele não tem nada .

    ResponderExcluir
  31. Para feridas crônicas, como as de pé diabético e úlcera de pressão, recomendo película com nutrientes e com partículas nanométricas de substâncias vegetais. E que não tem prata ou PHMB. Acessem cesarsoares.com e saibam mais.

    ResponderExcluir
  32. Ola meu nome é Celso , eu tenho um mal perfurante plantar ocasionado por um calçado de trabalho a 4 anos e estou sem tratamento, sou diabético e não possuo convênio.
    eu moro em Sorocaba - SP e preciso de ajuda de algum médico que queira me acompanhar, pois pelo SUS eles nem mechem e não indicam nada só lavar e fechar a ferida com gaze ee isso não resolve nada.
    queria mais informaçoes sobre a Papaína pois estou desesperado preciso trabalhar , mas não posso nem sair muito pois sangra demais o meu pé.
    Por favor se alguém puder me ajudar.ou souber de algum médico que possa agradeço

    ResponderExcluir
  33. Olá , tudo bom ? amei o seu texto só que o que eu procuro não está ai !! você poderia me ajudar ? como diagnostica, como tratar , qual é o material utilizado e qual o procedimento para úlceras neuropáticas ??

    ResponderExcluir
  34. Meu nome é Sonia,tive cancer de mama a 13 anos..tirei somente o quadrante, fiz quimioterapia e radioterapia,resolvi a 2 meses colocar protese de silicone, mas os pontos abriram não fechava tive que fazer a retirada da protese,mesmo assim não fecha está um buraco pois não tem circulação por causa da radioterapia...estou fazendo camera hiperbarica e usando pomada colagenase...estou aflita por favor me ajuda...

    ResponderExcluir
  35. Ola meu pai esta c ima ulcera no tendao e ja tomou varios medicamentos e nao resolveu agora esta passando curatec hidrogel maus n aguenta a dor quando passa o gel vc sabe me informar outro medicamento q ajuda a cicatrizar a ferida sou de mg mei nome e vinicius

    ResponderExcluir

Deixe seus comentários, experiências, dúvidas... Participe!!